Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tribunal de Cristo.

por Pr.Pina, em 21.02.17

,,,,,,,,,,,,

N.7.

V/14, Se permanecer a obra de alguém, significa se sobrar ouro, prata ou pedras preciosas, pois qualquer outra coisa foi queimada totalmente ao passar o prédio pelo fogo, então esse recebera galardão.

Para muitos, o important construir não importa o material empregado nem o valor final da construção, mas nesse dia certamente fica desapontado e arrependido porque seu Edifício se queimará todo ou pelo menos uma grande parte.

O evangelismo pessoal é difícil e toma tempo, mas é ouro.

Ir aos cultos e participar das atividades na Igreja, as vezes cansa e chega a casa muito tarde, mas conquista ouro ou prata.

Receber um irmão em casa, no aeroporto, é problema do Pastor da Igreja...? Dizimo é coisa que custa caro, se converte em ouro no Céu.

Ajudar nas despesas da Igreja ,é difícil ajudar nas despesas da igreja, devido as dificuldades que enfrentamos, porque a situação da nossa casa é difici1.

Tudo isso é verdade, porque ouro e prata, não se acha em qualquer lugar, ele custa caro e é difícil de ser encontrado.

Ajudar um missionário, que está longe de seu pais oferecendo-lhe pelo menos uma palavra de estimulo não e fácil, mas um telefonema, email ,uma carta.

Quantas vezes o missionário não tem recursos para viver com o mínimo necessário e uma ajuda sua para ele não vai lhe fazer falta alguma.

talvez represente um pouco de menos no supérfluo, mas para o missionário pode representar uma refeição um pouco mais deliciosa, isso no seu Edifício vai representar ouro, porque se preocupou com o homem de Deus.

Você pode pensar, mas Deus sustenta os seus missionários!

E sustenta mesmo, mas você fica sem galardão! Se for necessário Deus aciona as aves do céu.

I.Reis.17:6. Os corvos lhe traziam pela manha pão e carne como também ao anoitecer e bebia água da torrente.

Ou abre a boca do peixe, como em Mt.17:27 Mas, para que não os escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir e, abrindo-lhe a boca, encontrarás um estáter; toma-o, e dá-lho por mim e por ti.

Á medida que passa um edifício pelo fogo, seu dono certamente ficará

apreensivo, porque não dizer um pouco tenso. E a expectativa de que não se queime todo!

Lá no tribunal nada poderemos fazer para que não se queime o nosso edifício, mas enquanto estivermos aqui muito podemos fazer por isso.

Irmão... não espere que lhe peçam, ofereça! Não espere que lhe perguntem ofereça!

Procure ouro para o seu Edifício. Procure prata para o seu Edifício.

A madeira é mais fácil de ser encontrada mas não resultará em galardão.

Galardão é para quem trabalha para Jesus, em prol da sua obra, não terão galardão algum os preguiçosos que nada fizeram para Deus.

Não espere que o Pastor se impulsione, não espere que o Pastor o empurre, trabalhe a obra é do Senhor e Ele o recompensará !!!

A medida que passa um Edifício pelo fogo, seu dono pode ficar desesperado. E só o que sobrar é que valerá para galardão, e o fogo vai definindo, e separando o ouro, a prata, as pedras preciosas de tudo aquilo que é palha,madeira ou feno, para muitos será como se ele mesmo estivesse passando pelo fogo!

Genesis 28 12 - Jacob sonha com os anjos de Deus

N.6.

COMO SERÁ O JULGAMENTO?

Ali não haverá livros de obras que contenham anotações. Não haverá uma fita de vídeo que irá mostrar a sua vida.

Lá no Juízo do Trono Branco, após mil anos, lá sim haverá livros,mas aqui no julgamento da Igreja, não.

Ap.20:12 E vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono; e abriram-se uns livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida; e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.

Aqui no Tribunal de Cristo também não se consultará o Livro da Vida, porque todos estão salvos,e já no Céu.

Como será então o julgamento e como será determinado o valor do seu galardão.

Vejamos o Paulo nos fala sobre Coríntios 3:10 Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele.11 Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.12 E, se alguém sobre este fundamento levanta um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha.13 a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um.14 Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão.

V/10. Segundo a Graça que me foi dada, quer dizer, segundo a inspiração de Deus em minha vida, e misericórdia, lancei o fundamento como prudente construtor.

Significa como pessoa entendida em construção e muito cuidadosa naquilo que faz, mostra Paulo como uma pessoa entendida, cuja sabedoria veio de Deus, pela inspiração do Espirito Santo, lançando somente aPLANTA, o desenho do arquiteto.

Lancei o fundamento, significa que existe um fundamento sobre o qual se deveCONSTRUIR o Edifício.

Se alguém construir um edifício sobre o outro fundamento, tal edifício não entrará nesse julgamento aqui.

Será julgado sim, mas no Trono Branco, no dia do juízo final.

Nesse julgamento só estarão aqueles que construíram seus edifícios sobre a base sobre o fundamento lançado anteriormente do qual fala Paulo aqui. Esse fundamento é Jesus V/11

V/11. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, significa que o fundamento não pode ser mudado.

Existem pessoas que constroem sobre outro fundamento, por exemplo Alan Kardec ou Buda e tantos outros, como Maria, Pedro ou padre.

O fundamento válido é somente aquele que já está lançado. Jesus Cristo, qualquer outro fundamento não está em julgamento aqui.

V/12. Contudo, se o que alguém edifica é ouro, prata, pedras preciosas, madeira, palha ou feno, não será possível ver, exceto naquele dia, todos os edifícios serão aparentemente semelhantes quanto ao aspeto do material.

Nem mesmo o construtor sabe exatamente o teor do material que ele utilizou, mas Paulo é bem claro:

V/13.Naquele dia seria manifesta qual o material, que foi utilizado, porque esse Edifício será passado por um fogo muito especial, que é o fogo do juízo de Deus. o qual vai revelar o material utilizado.

Se for ouro, o fogo irá purificá-lo mais ainda.Se for prata,também será provada sem ser afetada pelo fogo.

Se for pedras preciosas em fogo É muito especial e as tornará mais preciosas ainda.

Mas se for madeira queimar-se-á e nada sobrará, se for palha e queimar-se-á e nada sobrará, bem como o feno .

Quando o fogo provar mostrará a todos o que sobrou de seu Edifício, se é que sobrou alguma coisa.

V/14, Se permanecer a obra de alguém, significa se sobrar ouro, prata ou pedras preciosas, pois qualquer outra coisa foi queimada totalmente ao passar o prédio pelo fogo, então esse recebera galardão

Anjos.1.jpg

 N.5.

CENÁRIO

O cenário certamente é indiscritível pois estaremos no céu.

O Céu só será modificado pela grande multidão recém chegada, no tocante ao resto, continua sendo o céu que sempre foi.

Certamente será uma visão maravilhosa. Certamente será uma passagem decorada pela presença dos anjos, dos arcanjos, dos querubins e dos serafins, e tudo o demais celestial.

Lá teremos a presença do amado Jesus, já glorificado.

Saberemos como Ele é quando lá chegarmos, porque não é possível descreve-lo com palavras e também porque o cérebro humano não consegue imaginar.

Paulo ensina aos I.Cor.2:9 Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.

Não é possível descrever o Céu, porque não á palavras em nosso vocabulário. O importante o que estaremos ali, tão real quanto nossa presença ali.

Certamente estamos em condições de contatar os anjos, como fazemos com nossos amigos aqui, porque estaremos semelhantes a eles.

Realmente Jesus veio buscar a sua Igreja, nós estamos no Céu! Parece um sonho, mas a realidade chegou.

Já estamos convencidos do Arrebatamento e da ocorrência da primeira ressurreição, verdadeiramente Jesus veio buscar o seu povo e agora está com eles no Céu.

Paulo nos ensina aos na Epístola aos Col.3:23E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor, e não aos homens.24 sabendo que do Senhor recebereis como recompensa a herança; servi a Cristo, o Senhor.

Tudo aquilo que fazemos aos outros, temos seres humanos como foco de nossa ação, mas é Cristo, o Senhor, que estamos servindo.

Assim nós temos Jesus no nosso irmão! Jesus no vizinho de nossa Casa! Jesus se torna o recetor de toda nossa obra.

Como o que, o fazemos, o fazemos para Jesus, e não para os homens, então devemos faze-lo com muito cuidado, zelo e dedicação, pois é para o Senhor que o fazemos.

Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo coração como se estivesse fazendo para Jesus e não para outro homem, porque nós servimos a Jesus quando assim procedermos.

Jesus será o nosso galardoador, se tudo o que fizermos recebemos aqui a sua paga, não sobrará nada para que Jesus nos pague ali!

Temos que nos amarmos uns aos outros, devemos amar ao nosso próximo, devemos nos preocupar com os outros de modo que tenham aquilo de bom que desejamos para nós.

Todo o exercício do amor vai aparecer ali naquele dia, quem serve a Cristo na pessoa de seu proximo,certamente tem muita diferença de outro que não se comporta assim.

Ml.3:16 Então aqueles que temiam ao Senhor falaram uns aos outros; e o Senhor atentou e ouviu, e um memorial foi escrito diante dele, para os que temiam ao Senhor, e para os que se lembravam do seu nome.17 E eles serão meus, diz o Senhor dos exércitos, minha possessão particular naquele dia que prepararei; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve. 18 Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve.

Existe diferença entre o justo e o perverso. Entre o que serve a Deus e o que não serve.

O que se faz na Igreja, para a Igreja e pela Igreja, não é para o pastor que se faz,mas para Jesus que é o dono dela.

Quando obecemos a nossos pais, a nossos pastores, a nossos patrões, então brilha a nossa luz e acumulamos galardão ali.

Vinda 6 (2).jpg

N.4.

O JULGAMENTO AQUI É:

COMO FOMOS ENQUANTO CRENTES?

Fomos fiéis?

Fomos abnegados?

Fomos obedientes?

Fomos humildes?

Fomos produtivos?

Crentes ocupados e preocupados com a obra do Senhor?

Ou fomos crentes linguarudos, bocudos, maldizentes?

Fomos fofoqueiros, mexeriqueiros?

Fomos fonte de intriga?

O JULGAMENTO SERÁ:

Nossa presença sempre foi uma bênção, uma alegria, motivo de júbilo?

Ou nossa presença foi motivo de tropeço, nossa presença era sinônimo de tribulação e problemas?

Como é que fomos crentes aqui? Esse é o julgamento ali!

Nesse dia a ovelha não se esconderá no Pastor!

A mãe não correrá em defesa do filho!

Não pagaremos pelo que não compramos, mas teremos que pagar pelos nossos feitos ou por nossas atitudes.

Nossas culpas não serão transferidas para outros. Ali eu colherei daquilo que eu plantei. Você colherá daquilo que você plantou.

Eu não colherei por você e você não colherá por mim.

Não se receberá galardão nem desconto alheio, mas somente o que disser respeito a si mesmo.

Gál.6:7 Não erreis: Deus não se deixa escarnecer, porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

Deus não se deixa escarnecer significa: Deus não se deixa enganar.

Aqui se engana ao pai, ao Pastor, ao patrão, ao amigo, mas Deus nunca será enganado, e o julgamento ali é com Deus.

Tudo o que o homem semear isso também ceifará quer dizer se a pessoa nunca se interessou pelo reino de Deus, sua colheita será essa, POBRE, porque riqueza só há nas coisas de Deus.

Jesus ensinou em Mateus 6:19,20, que nós devemos ajuntar tesouro no céu, porque ele é eterno, ele estará 1á quando 1á chegarmos e se ajuntarmos tesouros aqui na terra, a ferrugem a destruirá e no Céu não terá nada, mesmo porque não poderá levá-la daqui.

Mt.6: 19 Não acumuleis tesouros para vós na terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde os ladrões escavam e roubam.20 mas ajuntai para vós tesouros no céu onde a traça nem a ferrugem corrói e onde os ladrões não roubam.

Porque no Céu o que é seu é seu, ninguém o tomará.

Entesourar coisas no Céu é coisa muito difícil, porque exige visão espiritual.

Entesourar coisas no céu pode nos deixar a sensação de vazio, mas pela fé nós devemos enxergar nosso tesouro.

Entesourar na terra, na verdade também é muito difícil, o que muda é apenas a sensação de proximidade; dispensando-se o uso da fé; bastando ser perseverante e trabalhador, mas isso tudo é efêmero e passageiro.

Na verdade Deus é justo e justos são os seus juízos.

Salmo.19:9 O temor do Senhor é limpo, e permanece para sempre; os juízos do Senhor são verdadeiros e inteiramente justos.

Na verdade Deus vê, avalia e considera até os propósitos do nosso coração.

Hebreus 6:10 Porque Deus não é injusto para ficar esquecido do vosso trabalho e do amor que evidenciais para com o sou nome, pois servistes e ainda servis aos santos.

Aqui fica muito claro que quando fazemos algo para nossos irmãos, quando exercemos o amor para com os domésticos na fé.

É sobre isso que Jesus se refere quando diz, um copo d’água não ficará sem galardão. Ver Mt.10:42 e Mc.9:41

Deus ali nos recompensará por tudo. Quando recebemos o servo de Deus em nossa casa, e lhe aliviamos a fome, ou a sede ou o cansaço, isso aparecerá ali naquele dia.

Quando recebemos o missionário em nossa casa e lhe damos todo apoio que podemos, Deus nos recompensará naquele dia.

Vinda 6.jpg

N.3.

O GALARDÃO É UMA PROMESSA DO PRÓPRIO JESUS, MAS SERÁ SEGUNDO AS SUAS OBRAS.

Mt.16:27 Porque o Filho do homem há-de vir na glória de seu pai, com seus anjos, e então retribuirá a cada um segundo as suas obras.

Quem fez terá direito ao galardão pelo que fez, mas quem não fez, também será julgado também.

A omissão aqui também será julgada e poderá custar caro para quem deixou de fazer, pois Jesus pode julgar importante o que deveria ter sido feito por aquele que está em julgamento.

O galardão terá valores diferentes entre diferentes indivíduos porque dependerá das obras.

Dependerá do nosso trabalho, dependerá da nossa fidelidade, da nossa dedicação, outras passagens que fala do galardão são: Lc.6:35; Mc.9:41; Mt.5:12

Na verdade ninguém irá para a vida eterna, sem antes passar por esse julgamento e isso será independente de ter sido trabalhador ou preguiçoso.

Independente de ter trabalhado somente para si próprio ou se trabalhou em prol do reino de Jesus em prol de sua obra.

Existe aqueles crentes que não possuem tempo para Deus, na verdade trabalham muito, mas é para si mesmo, mas estes estarão ali se é que participaram do arrebatamento da Igreja.

Paulo ensina, ninguém escapará do julgamento, ninguém! II.Co.5:10.

II.Co.5:10 Porque importa que todos nós compareçamos perante o Tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal tiver, feito por meio do corpo.

Porque importa que todos compareçamos, significa não haverá exceções, nossa presença ali será obrigatória.

Perante o Tribunal de Cristo, significa participação no julgamento para que cada um receba segundo o bem ou o mal, significa que a omissão, ali também será considerada. Deveria ser feito, mas não fez!

Mal, aqui não é má ação ou ação que prejudique alguém, mas significa algum mal que possa advir de nosso comportamento.

Algo que fizermos pode prejudicar alguém ou também em certas circunstâncias deixamos de fazê-lo gerando as vezes prejuízo incalculáveis.

Feito por meio do corpo, significa nessa vida, enquanto estivermos aqui.

Romanos 14:10 parte final do verso diz: Pois todos compareceremos perante o Tribunal de Deus.

Rom14:12 diz: Assim, pois cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.

Ali o assunto será tratado connosco.Um a um, individualmente. Um não prestará conta de outro, mas cada um por si.

Quando Jesus lhe perguntar por que você não foi? Não adianta responder colocando a culpa em outro, porque o outro responderá por ele mesmo quando chegar a sua vez.

Não adianta justificar que você que não sabia, não havia entendido bem, porque o justo juiz sabe a realidade dos fatos.

Diante dele nada se oculta, e tudo o que está oculta se tornará descoberto. Lc.8:17:Mc.4:22

O pai não responderá pelo filho, o filho não pagará pelo pai. Será cada por si,para si e de si para consigo mesmo, com relação a fé, a Jesus e ao reino.

Se você trabalhou muito, muito mesmo, mas trabalhou somente para você mesmo, então ficou tudo aqui, você foi sem nada, porque o julgamento ali é como foi nossa vida de crente com relação à obra, Jesus e seu reino!

Preocupar-se somente com essa vida, durante a nossa vida de crente, poderá não nos afastar da salvação em Jesus, mas os bens materiais ficarão todos aqui com a matéria e somente os bens espirituais é que subirão connosco, para o céu.

A Bíblia diz que as boas obras seguem os crentes quando morrem. Devemos ter o zelo de sermos crentes produtivos na obra do Senhor e cuidar do exercício de boas obras, pois este são os fatores que irão connosco para o céu. Ap.14:3.

Nós poderemos ser arrebatados por causa de nossa fé e vigilância, mas sem nunca termos feitos nada para Jesus.

jesus-christ-0202-

N.2.

A DIFERENÇA ENTRE UM E OUTRO É QUE:

Corpo material - Corruptível

Corpo espiritual - Incorruptivel

Mortal -Tem as limitações naturais dessa

Imortal - Não tem as limitações

Corpo material - E sujeito ao pecado

Corpo espiritual - Não é sujeito ao pecado

Corpo material - Corpo ligado a Adão através da carne

Corpo espiritual - Corpo ligado a Cristo através do nascimento da água e do Espírito

Corpo material - É terreno. I Co:15-49

Corpo espiritual - E celestial

Corpo material - E natural I.Co:15-43

Corpo espiritual - E um corpo glorioso

Corpo material - É sujeito a derrota

Corpo espiritual - É chegado ao Céu

Corpo espiritual - É chegado à terra.

A ordem dos fenômenos em é dada como:

I.Co.15:51-52 Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados.52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados

Os mortos ressuscitam primeiro - em seguida serão transformados os que estiverem vivos.

Todos juntos são levados para o céu. I.Ts.4:17.

Paulo continua ensinando aos Tessalonicenses no capítulo quatro do verso I.Ts.4: 13-17

I.Ts.4:13 Aqui Paulo apresenta as razões para os Tessalonicenses não se preocuparem com seus mortos, como se preocupam aqueles que não tem esperança.

Quem morre sem Jesus não tem esperança.

Naquela época se pregava a volta eminente de Jesus e estava havendo uma preocupação muito grande entre os crentes de Tessalónica sobre os crentes que morriam antes de Jesus voltar.

Então Paulo escreveu-lhes esses ensinamentos explicando para eles que havia muita diferença entre morrer crente e morrer não crente, porque pata o crente existe uma esperança.

Paulo se referiu aos crentes mortos como que dormindo no Senhor.

No verso 14, Paulo ensina que se cremos que Jesus morreu e ressuscitou dos mortos, da mesma forma, pelo mesmo poder, Deus fará com que todos os mortos em Jesus também voltem da morte do mesmo jeito que Jesus voltou.

No verso 15 Ora, ainda vos declaramos por palavra do Senhor...significa que esses ensinamentos de Paulo são ensinamentos de Deus e não de Paulo.

Nós os vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, significa os crentes que estiverem vivos no momento do Arrebatamento, não experimentariam a morte até esse momento, mas estão esperando a vinda do Senhor.

De modo algum procederemos os que dormem significa que não há preocupação se estão vivos ou mortos, todos chegarão juntos, não havendo possibilidade de um dos grupos mortos ou vivos chegarem um primeiro que o outro.

Os vivos não chegarão primeiro por estarem vivos, nem os mortos chegarão primeiro porque já morreram, mas todos vivos e mortos, serão arrebatados num só momento.

Sairemos dessa terra juntos e chegaremos juntos ao Céu, independentemente de estarmos vivos ou mortos no momento do arrebatamento da Igreja.

Verso 16 Porquanto, o Senhor mesmo... Significa Jesus em pessoa, Ele não mandará buscar a Igreja, Ele não se fará representar, mas virá pessoalmente para recebê-la.

O Arrebatamento da Igreja contará com a participação do Espírito Santo, por dois motivos:

É Ele quem prepara a Igreja como noiva de Jesus e é Ele quem está connosco todo esse tempo.

E Ele quem arrebatará a Igreja da terra e a levará ao encontro com Jesus nos ares.

Jesus não virá até a superfície dessa terra a fim de arrebanhar seu povo, mas receberá a Igreja nas nuvens, quando a receber do Espírito Santo, que a levará até as nuvens, entregando-a ao Senhor.

Verso 16 b Dada sua palavra de ordem, significa que nada será feito ou providenciado sem a ordem de Jesus, sem a autorização de Jesus, porque o poder sobrenatural virá exatamente dessa palavra de ordem.

Verso 16 Grande brado á voz de Arcanjo.

Paulo é bem claro quanto ao arrebatamento, quando instrui os Tessalonicenses.

Teremos a ordem de Jesus: Dado a sua palavra de ordem, o que certamente desencadeará todos os procedimentos necessários ao arrebatamento.

Ouvida a voz do Arcanjo: A voz do Arcanjo se fará ouvir, logo a seguir da palavra de ordem.

Quem será que ouvirá a voz de Arcanjo, a qual servirá, certamente, como aviso de que o arrebatamento da lgreja é chegado.

Ainda no verso 16 E ressoada a trombeta de Deus

E uma referência a que enquanto alguns ouvem a voz do Arcanjo, outros ouvirão a trombeta de Deus.

De qualquer forma, o Arrebatamento se fará ouvir, seja a voz do Arcanjo, seja a trombeta de Deus.

É o ouvir desses elementos que desencadeará o fenómeno:

Da ressurreição dos mortos através da voz do Arcanjo

Da transformação através da trombeta de Deus.

Será através dessa energia sonora, ligada ao Espírito Santo que ocorrerá o fenómeno da transformação.

Quem não ouvir a voz do Arcanjo não ressuscita, quem não ouvir o estrungir da trombeta não será transformado.

A trombeta será o instrumento de alerta para a Igreja que aguarda o arrebatamento, será o ressoar da última trombeta para a Igreja.

Essa verdadeira multidão ficará como que suspensa no ar e se encontrarão com Jesus, nos ares.

Uma vez arrebatada, a Igreja reunida nas nuvens, seguirá para o céu junto de Jesus e iremos para um local onde ocorrerá esse julgamento.

Esse Tribunal de Cristo tem por finalidade recompensar aos fiéis que aqui nessa terra serviram ao Senhor e trabalharam em função da expansão de seu reino.

Esse Tribunal de Cristo ó como se fosse uma grande assembleia onde o patrão reúne seus empregados com a finalidade de pagar a cada um pelo seu trabalho.

Mateus 20:8 Ao cair da tarde, disse o senhor da vinha ao seu administrador: Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário, começando pelos últimos até os primeiros.

Esse julgamento é a hora na qual Jesus vai dar a cada um o galardão a todos aqueles que se dedicaram à sua obra.

Galardão é a recompensa que Jesus nos dará ali no céu pelo que tivermos feito em favor de sua causa.

Será como se fosse o pagamento por termos sido fiéis. É Jesus mesmo quem fala dessa recompensa.

Ap.22:12 E eis que vinho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras.

new_jerusalem

N.1.

TRIBUNAL DE CRISTO

O que é.

Tribunal de Cristo é o nome que se dá para o julgamento ao qual será submetida a Igreja, assim que os crentes chegam ao céu, após o Arrebatamento da Igreja.

Quando ocorrerá o Tribunal de Cristo?

O julgamento da Igreja no céu, que terá por objetivo a recompensa dos crentes, ocorrerá logo após a ressurreição dos justos, isto é, logo após o Arrebatamento.

Lc.14:14 e serás bem-aventurado; porque eles não têm com que te retribuir; pois retribuído te será na ressurreição dos justos.

Dois grandes eventos ocorrerão antes desse julgamento:

A ressurreição dos mortos que dormem no Senhor.

A transformação daqueles que aguardam vigilantes a vinda de Jesus para arrebatar o seu povo.

A ressurreição dos mortos ocorrerá em duas fases, separadas entre si por um período de mil anos.

Após o advento da morte de Jesus, nós temos dois lugares de espera dos mortos; onde esperam pelo dia da ressurreição, o Hades, o Paraíso.

Os mortos que morrem no Senhor, os salvos em cristo Jesus em função de crerem no Evangelho e morrerem redimidos lavados no sangue de Jesus, irão para o seio de Abraão que é o local do Paraíso.

Os demais mortos vão para o Hades onde esperarão o momento de ressuscitarem. Todos os mortos hão-de ressuscitar, tanto os justos como os injustos.

Daniel foi o primeiro a falar da ressurreição dos mortos.

Dn.12:2 Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna e outros para a vergonha e horror etemo.

Uns para a vida eterna é uma referência à primeira etapa da ressurreição da qual participará somente os santos que dormiram no Senhor.

Outros para a vergonha e horror etemo fala da ressurreição do juízo de Deus, o qual ocorrerá no Trono Branco.

A Bíblia diz que são bem-aventurados aqueles que participam dessa primeira fase.

Ap.20:6 -Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre esses a segunda morte não tem autoridade, pelo contrário, serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele mil anos.

Só nos interessa nesse estudo os mortos da primeira ressurreição.

Todos os participantes dessa primeira fase irão para o céu a fim de participarem desse julgamento que chamamos de Tribunal de Cristo e serão arrebatados, juntos com a Igreja formada pelos que estiverem vivos no momento dessa ressurreição.

I.Co.15:51,52; I.Ts.4:13-17.

I. Co.l5:51,52 Eis que vos digo um mistério: Na verdade, Nem todos dormiremos, mas transformados todos seremos transformados. Num momento,num abrir e fechar de olhos. Ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará. Os mortos ressuscitarão incorruptíveis. e nós os vivos, seremos transformados.

I.Ts.4:13-17 Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança.14 Pois se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, terá em sua companhia os que dormem.15 Ora, ainda vos declaramos. Por palavra do Senhor, isto: Nós os vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem.16 Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem ouvida a voz do Arcanjo e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em, Cristo ressuscitarão primeiro.17 depois, nós, os vivos,os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre as nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.

Eis que vos digo um mistério

Trata-se de um ensinamento totalmente novo, nunca dantes visto ou ouvido.

Trata-se dos ensinamentos através de Paulo sobre o Arrebatamento da Igreja.

Nem todos dormiremos.

Significa que nem todos os participantes do Arrebatamento da Igreja passarão pela experiência da morte.

Todos aqueles que estiverem vivos, no momento em que Jesus vier buscar a sua Igreja, sofrerão uma transformação, e terão seus corpos materiais transformados em corpos espirituais, gloriosos, incorruptíveis, não mais sujeitos às limitações dessa vida.

Num momento, num abrir e fechar de olhos

É uma referência à rapidez ou duração do evento.

A ressurreição dos mortos e a transformação dos vivos serão muito rápidos.

I.Co.l5:52. Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Ao soar da última trombeta.

Ó uma identificação do momento no qual ocorrerá o tal fenômeno da transformação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

  •